Prefeitura intensifica a fiscalização em bares na noite desta sexta-feira

Os fiscais da prefeitura contaram com o apoio de policiais militares

prefeitura-intensifica-a-fiscalizacao-em-bares-nesta-sexta-feira

Na noite desta sexta-feira (14), a Prefeitura de Itabira, por meio das secretarias de desenvolvimento urbano e saúde, intensificou a fiscalização nos bares e restaurantes da cidade. Os fiscais de posturas e vigilância sanitária contaram com o apoio da Polícia Militar.

Os ficais estão orientando os comerciantes sobre as medidas de prevenção contra a disseminação do coronavírus e fiscalizando se as regras exigidas pelo decreto municipal 3.635/2020, que regulamento o funcionamento das atividades com potencial de aglomeração de pessoas, estão sendo cumpridas.

Foto Thales Benício / ItabiraNet

Em um bar, na avenida Rio Doce, no bairro Areão, os fiscais flagraram uma aglomeração de pessoas e notificaram o proprietário. O estabelecimento também foi autuado por não estar com o alvará de funcionamento e com mercadorias vencidas.

As equipes de fiscalização percorreram vários bairros da cidade. Os fiscais afirmaram que estão verificando todas as denúncias que foram recebidas durante a semana. Os estabelecimentos que não cumprir com as exigências do decreto poderão serem interditados.

O decreto regulamenta que os bares, restaurantes e lanchonetes podem funcionar somente até 23h59. Os clientes só podem entrar nos estabelecimentos com o uso de máscara e os estabelecimentos devem priorizar o pagamento com cartão.

Os comerciantes devem afixar cartazes com orientações de higiene e proteção contra o coronavírus, além de disponibilizar dispensador com álcool em gel 70%. O decreto exige que o atendimento seja feito preferencialmente com agendamento e está proibido as promoções que possam atrair um número maior de pessoas ao local.

A capacidade de cada comércio está sendo estabelecida de acordo com o tamanho do espaço que deverá ser divido em quatro. Um local com área livre de 32m ² poderá ter no máximo oito pessoas.

Denúncias

A população pode direcionar denúncias de descumprimento das medidas para os números 3839-2143 ou 3839-2183.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *