Itabira retrocede para Onda Amarela a partir de sábado

Alguns estabelecimentos comerciais só poderão funcionar com restrições.

No próximo sábado (3), Itabira voltará para a onda amarela do Programa Minas Consciente, do Governo do Estado, criado para o combate à pandemia do coronavírus. Devido ao retrocesso, alguns estabelecimentos comerciais só poderão funcionar com restrições.

A secretária de saúde, Rosana Linhares, já havia advertido que o município poderia retornar para a onda amarela, devido ao relaxamento do isolamento social e das medidas de prevenção de propagação da doença.

Segundo a prefeitura, desde o início do mês de setembro, a curva de contágio se acentuou devido as aglomerações e até mesmo a realização de eventos clandestinos.

Devido a situação de calamidade em saúde pública, durante os feriados dos dias 9 e 12 de outubro, o município vai adotar uma série de restrições nos espaços públicos da cidade.

As equipes das secretarias de Saúde e Desenvolvimento Urbano farão barreiras sanitárias para impedir a entrada de visitantes nos distritos de Senhora do Carmo, Ipoema e nas localidades de Boa Vista e Serra dos Alves, locais onde há cachoeiras e balneários.

Onda Amarela

Nesta fase, são permitidos:

Bares (consumo no local);

Autoescola e cursos de pilotagem;

Salão de beleza e atividades de estética;

Comércio de eletrodomésticos e equipamentos de áudio e vídeo;

Papelaria, lojas de livros, discos e revistas;

Lojas de roupas, bijuterias, joias, calçados, e artigos de viagem;

Comércio de itens de cama, mesa e banho;

Lojas de móveis e lustres;

Imobiliárias;

Lojas de departamento e duty free;

Lojas de brinquedos;

Academias (com restrições);

Agência de viagem;

Clubes;

Bibliotecas, museus, galerias, arquivos (com restrições).

Parques estaduais, unidades de conservação, zoológicos e jardins (com restrições).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *