PSC pede impugnação das candidaturas dos Marco Antônio

O presidente do PSC protocolou os pedidos no sistema eletrônico da Justiça Eleitoral

O Partido Social Cristão (PSC), por meio do seu presidente Dalton Henrique de Albuquerque, protocolou neste domingo (4), no sistema eletrônico da Justiça Eleitoral, pedidos de impugnação das candidaturas de Marco Antônio Lage (PSB) e Marco Antônio Gomes (PL).

No documento enviado à justiça afirma que o candidato à vice-prefeito Marco Antônio Gomes não desincompatibilizou de seu cargo do dentro do tempo exigido pela justiça para concorrer ao pleito. Marco Antônio era diretor clínico e coordenador do setor de tratamento renal do Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD), que é uma entidade filantrópica que recebe verba pública do governo municipal, estadual e federal.

O candidato à prefeito Marco Antônio Lage exerceu cargo de diretor de relações institucionais, comunicação e sustentabilidade da Companhia Energética de Minas Gerais (CEMIG), que pertence ao governo de estado, ele também não teria deixado o cargo dentro do prazo previsto em lei.

A desincompatibilização tem como objetivo evitar que um candidato faça uso de um cargo ou função em prol de sua pré-candidatura, obrigando-o a se afastar definitiva ou provisoriamente, a fim de garantir condições igualitária entre todos os candidatos.

Os pedidos de impugnação das candidaturas serão analisados pela Justiça Eleitoral. Os registros de candidaturas ainda estão aguardando julgamento e poderão serem indeferidos.

A reportagem tentou contato com a assessoria dos candidatos, porém não obteve sucesso. O portal ItabiraNet deixa o espaço aberto para os candidatos citados se manifestarem sobre os fatos descritos nesta notícia.

E-mail: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *