Policial revida disparos e mata suspeito de tráfico de drogas

O suspeito de tráfico de drogas, Edimar Gonçalves da Silva, de 22 anos, morreu, na noite de ontem (21), após troca de tiros com policiais militares durante uma perseguição na estrada Pedra Linda, no bairro Petrópolis, em Timóteo. A vítima quando tentava fugir da abordagem atirou contra os militares que revidaram.

Os policiais receberam denúncia informando de que o suspeito, que faz parte de uma organização criminosa, iria fazer a entrega de um carregamento de drogas para a cidade de João Monlevade. Os militares passaram a monitorar o homem e avistaram um Ford New Fiesta com dois homens parando em frente à residência dele.

O suspeito entrou no carro com outros dois homens e foram em direção a uma mata. Os policiais avistaram, alguns minutos depois, dois deles retornaram do matagal com uma mochila. Durante a abordagem, o passageiro jogou a mochila pela janela do veículo, nela havia seis barras de substância idêntica à maconha.

Os suspeitos foram cercados pelos policiais, Edimar Silva pulou do carro ainda em movimento e saiu correndo, mas ao perceber que ainda estava sendo perseguido, ele efetuou um disparo de arma de fogo em direção aos policiais que revidaram.

Edimar Silva foi baleado e socorrido para o hospital da cidade, onde morreu após teve uma parada cardiovascular. Os militares apreenderam um revólver calibre 32 que estava com a numeração raspada e carregado com quatro munições intactas, uma picotada e outra deflagrada.

O condutor do carro que também foi detido disse aos policiais que trabalha como motorista de aplicativo e que receberia R$ 350 para levar um jovem, de 19 anos, de João Monlevade para Timóteo, mas não sabia da situação e por isso não tentou fugir da polícia. O passageiro afirmou que receberia 100 gramas de maconha para buscar a droga em Timóteo e teria contratado o Uber.

Os policiais iniciaram as diligências e na mata onde os suspeitos haviam entrado foram encontradas mais 22 barras de substância semelhante à maconha. O corpo de Edimar Silva foi encaminhado para o Posto Médico Legal (PML). A perícia técnica compareceu ao local dos fatos e o caso será investigado pela Polícia Civil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *