Prefeito confere danos provocados pelas chuvas no bairro Pedreira

Marco Antônio Lage esteve acompanhado do vice Marco Antônio Gomes e do secretário de Obras, José Maciel Paiva

O prefeito Marco Antônio Lage (PSB) visitou o bairro Pedreira na manhã deste sábado, 2 de janeiro, para conferir estragos provocados pelas chuvas que caíram sobre Itabira nos últimos dias. Ao lado do vice Marco Antônio Gomes e do secretário de Obras, José Maciel Paiva, o chefe do Executivo esteve em uma residência na rua Pássaro Verde, onde houve um deslizamento de terra. Também compareceu à visita o ex-prefeito João Izael Querino Coelho, que foi quem informou sobre a situação da família em risco.

A casa está localizada no terreno entre as ruas Pássaro Verde e Gaivota. O barranco onde a terra deslizou fica nos fundos do imóvel, bem ao lado da cozinha da família. Segundo os moradores, a força da água que vem da rua empurrou a terra para baixo. Um muro de contenção foi construído pelo proprietário da residência, que também providenciou uma lona para impedir que o barranco fosse mais encharcado pelas chuvas.

De acordo com os proprietários, o deslizamento aconteceu na madrugada do dia 23 para o dia 24 de dezembro. A preocupação é com a piora do cenário em caso de mais pancadas de chuvas como a que foi registrada em Itabira na noite dessa sexta-feira (1), quando mais danos foram registrados em outros pontos da cidade.

Por causa dessa urgência, uma equipe da Secretaria de Obras será enviada ao bairro Pedreira na segunda-feira (4), segundo informou o secretário José Maciel. De acordo com ele, serão feitos os reparos imediatos para evitar o agravamento dos riscos, inclusive com participação da Defesa Civil do município. A ação mais a longo prazo, no entanto, será um mapeamento completo dos pontos críticos não só do Pedreira, mas da cidade de uma maneira geral.

O prefeito Marco Antônio determinou uma resposta rápida para resolver a situação. Por isso mesmo, fez questão de estar no bairro já no primeiro dia após a posse. “Há um claro problema de manutenção na rua de cima, que é a rua Gaivota. Um problema de contenção da água, e toda enxurrada vem parar nas casas que estão no nível de baixo. Uma situação de alto risco, mas vamos tomar as providências necessárias e definitivas”, declarou o prefeito.

Ainda na rua Gaivota, Marco Antônio também conferiu a situação de outra residência, onde parte da via se desfez e ameaça cair sobre o imóvel. Neste ponto também será feito um trabalho emergencial a partir da próxima semana, inclusive com o encurtamento da rua para evitar que o impacto dos veículos prejudique ainda mais o cenário.

Divulgação PMI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *