Ronaldo deixará a prefeitura com R$ 150 milhões em caixa

ronaldo-magalhaes-deixa-a-prefeitura-com-r-150-milhoes-em-caixa

A administração do prefeito Ronaldo Magalhães deixará o governo R$ 150 milhões em caixa. O número foi repassado pelo chefe do Executivo à imprensa, em entrevista coletiva concedida nesta terça-feira (29), no gabinete. Na ocasião foi apresentado o balanço da gestão 2017-2020, percorrendo índices e resultados obtidos em saúde, educação, assistência social e outras áreas, além das obras de infraestrutura urbana entregues no quadriênio.

“Em meus 24 anos de vida pública eu me considero um político de vitórias, de sucessos. Eu duvido que algum gestor tenha feito tanto por Itabira até aqui como fiz, com o suporte de uma equipe de excelência. Concluo o mandato com tranquilidade e muita felicidade, por tudo que realizamos”, resumiu Ronaldo Magalhães.

Ao lado do secretário de Fazenda, Marcos Alvarenga Duarte, de outros secretários e assessores, Ronaldo indicou que além do valor positivo em caixa, há créditos milionários previstos para o ano que vem: R$ 15,5 milhões referentes aos tributos confiscados pelo Estado em 2018; R$ 90 milhões do convênio Vale/Prefeitura/Universidade Federal de Itajubá (obras do Campus do Futuro); e US$ 30 milhões da Vale no acordo estabelecido para a construção da Estação de Tratamento de Água (ETA) Rio Tanque.

Empenhos, portanto, têm créditos garantidos para pagamento. Na esfera do funcionalismo público, os salários referentes a dezembro serão pagos nesta quarta-feira (30) e não no próximo quinto dia útil, como ocorre mensalmente. O 13º salário foi pago integralmente em novembro.

“Em meio a tantos desafios – crise encontrada, o tema das barragens de minério, o confisco de recursos pelo Estado na gestão do governador Fernando Pimentel, a pandemia do novo coronavírus etc – realizamos um trabalho promissor, sério, comprometido com resultados e com a melhoria da vida da população. Entregamos uma Itabira totalmente diferente e melhor do que aquela encontrada no início da gestão”, concluiu o gestor.

Carreira

Ronaldo começou sua trajetória na área pública com cargos decisivos nos governos de Luiz Menezes e Li, a partir da década de 1980. Foi vereador, eleito em 1996, e escolhido presidente da Câmara um ano depois. Em 2000, foi eleito prefeito de Itabira, com gestão marcada por grandes obras, como os canais do Praia e Gabiroba e a avenida Mauro Ribeiro.

Ronaldo foi deputado estadual, eleito com quase 50 mil votos em 2006, e secretário adjunto na gestão do governador Antônio Anastasia. Quatro anos atrás, retornou à prefeitura.

Divulgação PMI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *