Registro de residencial foi fechado de má fé no Barreiro; afirma SAAE

A falta de água no residencial resultou em manifestação na manhã desta terça-feira

saae-diz-que-registro-foi-fechado-de-ma-fe-em-residencial-no-barreiro

Moradores de um residencial no bairro Barreiro, em Itabira, interditaram a rodovia MG-129 na manhã desta terça-feira (11), durante um protesto devido à interrupção no fornecimento de água por dois dias consecutivos. Funcionários do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) estiveram no local e identificaram que o registro foi fechado.

Os moradores colocaram fogo em pneus e madeiras interditando o trânsito nos dois sentidos da rodovia. A Polícia Militar foi acionada e em conversa com os manifestantes, os militares foram informados que os moradores do residencial estavam há dois dias sem o fornecimento de água e exigiam uma resposta das autoridades.

A rodovia ficou interditada nos dois sentidos.

A Prefeitura de Itabira e o SAAE foram avisados do manifesto. Um funcionário da autarquia, responsável pelo fornecimento de água na cidade, constatou que a água estava chegando com bastante pressão no hidrômetro do condomínio, porém o registro havia sido fechado, possivelmente por alguma pessoa que possa ter agido de má fé.

A manifestação encerrou por volta das 12h. A prefeitura disponibilizou um caminhão pipa que esteve no local para fazer a limpeza da pista. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual, houve registro de congestionamento na rodovia, mas o trânsito já foi liberado.

 

One Comment

Leave a Reply
  1. EU queria saber por falta de água fecham a rodovia e não dá em nada quando nos os caminhoneiro paramos só pra manifestar por falta de segurança fretes baixos sem lugar para nós descansamos com segurança e paramos em acostamento ai vem as viaturas da Polícia e multa os caminhões.. que palhaçada é essa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *